Autor

Jorge Faustino

Data: 11/08/2021

Arbitragem em bom

A época começou bem para a arbitragem. Apesar de já ter havido algum ruído, cujo único objetivo é preparar queixas futuras quando os resultados não forem os melhores, as arbitragens foram bastante positivas.

Nos jogos dos primeiros classificados da época passada os lances de golo, penáltis e expulsões foram todos bem decididos (aceito, sempre, outras opiniões, mas esta é a minha). É o que se quer. Nota importante: foram as boas intervenções do videoárbitros que permitiram que esteja aqui a elogiar as arbitragens da primeira jornada. VAR em versão bom é o que se precisa e foi o que houve.

Porque este é o meu primeiro artigo na “rentrée” não quero deixar de destacar e parabenizar a arbitragem portuguesa pelo sucesso internacional que teve a nível internacional:
– Artur Soares Dias, com Rui Licínio e Paulo Soares com assistentes, estiveram em bom plano no Euro 2020 e, em estreia para a arbitragem portuguesa, nos Jogos Olímpicos em Tóquio.
– A “nossa” videoarbitragem também se fez representar nestas competições com João Pinheiro no Europeu e Tiago Martins nos Jogos Olímpicos.
– Sérgio Soares (futebol de Praia) e Eduardo Coelho (futsal) foram também nomeados para estarem presentes nos respetivos mundiais a acontecer em Agosto e Setembro respetivamente.

Fonte: Record