Itália em choque: Árbitro e a namorada mortos à facada em casa

O jornal italiano La Repubblica relata, esta terça-feira, uma história trágica que acabou com a morte do árbitro italiano Daniele De Santis e da namorada que foram assassinados em casa na última noite.

Segundo as informações deste periódico transalpino, o juiz da Serie B e C, de 33 anos, e a namorada, Eleanora Manta, de 30 anos, foram esfaqueados até à morte no apartamento onde residiam, em Lecce, no sul de Itália.

O alerta foi dado por vizinhos que ouviram os gritos e conseguiram ver um homem, que empunhava uma faca, a fugir do local onde tinha cometido o crime.

Depois de verem um homem vestido de preto, com luvas de couro e numa mochila amarela a fugir do local, os vizinhos chamaram as autoridades que encontraram De Santis morto nas escadas do prédio e a namorada também já sem vida dentro do apartamento.

As autoridades desconhecem o motivo que está na origem deste crime, mas os primeiros resultados das investigações apontam para um crime passional. A polícia recolheu as imagens das câmaras de videovigilância do local.

Daniele De Santis arbitrou 130 jogos ao longo da carreira enquanto árbitro de futebol.

Mais Notícias

Ver Todas