Martins dos Santos e António Henriques condenados

O antigo árbitro Martins dos Santos foi condenado a 20 meses de prisão com pena suspensa por corrupção desportiva na forma passiva, no âmbito do processo relativo ao jogo Marítimo-Nacional da Madeira da época 2003/2004.
A juíza Manuela Sousa, do Tribunal de Gondomar, condenou ainda o antigo vice-presidente de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol António Henriques a 28 meses de prisão, também com pena suspensa, por corrupção desportiva activa.
Os dois arguidos praticamente não falaram nas sessões do julgamento, não tendo explicado as escutas que o procurador Paulo Jorge Ferreira usou nas alegações finais.

In: Correio da Manhã