Conselho de Disciplina da FPF anunciará decisões relativas a árbitros envolvidos no Apito Dourado

Tendo tomado conhecimento das decisões da Comissão Disciplinar da Liga Portuguesa de Futebol Profissional relativas ao chamado “Processo Apito Final”, a Federação Portuguesa de Futebol reitera o respeito pelas decisões dos órgãos jurisdicionais desportivos e sabe que o Conselho de Disciplina da FPF anunciará a muito breve prazo as decisões relativas aos mais de 50 arguidos a quem foram enviadas as respectivas notas de culpa.
“Como presidente de um órgão jurisdicional desportivo, registo com agrado a conclusão de uma fase importante de um processo tão complexo. Sei bem do esforço que a Comissão Disciplinar da Liga levou a cabo, uma vez que o próprio Conselho de Disciplina da FPF e a Comissão de Inquéritos e Sindicâncias da Federação têm trabalhado incansavelmente sobre questões idênticas da nossa competência, sobretudo desde Outubro passado, altura em que recebemos as informações mais relevantes do Tribunal de Gondomar. Estamos a fazer todos os esforços para anunciar decisões finais nos casos que temos em mãos num prazo muito breve. Infelizmente, a nossa resposta tem necessariamente mais demorada na medida em que tivemos de proceder à avaliação de comportamentos de centenas de agentes desportivos, em largas dezenas de jogos.”, afirmou Arnaldo Marques da Silva, Presidente do Conselho de Disciplina da FPF, ao Portal do Futebol.
No que respeita aos processos relativos ao futebol profissional anunciados esta sexta-feira, a FPF tem a profunda convicção de que, caso sejam interpostos recursos, o Conselho de Justiça da FPF decidirá todas as questões com a celeridade que se exige.


in: fpf.pt