Castigos pesados em sequência do mergulho que deu penalty…

O famoso «mergulho» verificado no jogo da Liga colombiana entre o Atlético Júnior e o América de Cali trouxe castigos pesados para os protagonistas. Emerson Acuña, o simulador, vai cumprir três jogos de castigo, mas o pior foi mesmo para dois membros da equipa de arbitragem: o árbitro José Niño não vai dirigir qualquer encontro das próximas seis jornadas, enquanto que o árbitro auxiliar, Rafael Rivas, vai cumprir oito jogos de castigo.
As imagens do lance correram o mundo, dado que Emerson Acuña não tinha qualquer opositor a menos de dois metros, mas ainda assim a simulação iludiu a equipa de arbitragem, que assinalou grande penalidade. O encontro terminou empatado a uma bola.