Webb reconhece o seu único erro na final do Mundial



O árbitro da final do Mundial de 2010, Howard Webb, foi bastante criticado pela atuação no jogo entre a Espanha e a Holanda, que deu o título à seleção espanhola. No entanto, o árbitro inglês diz-se orgulhoso com a sua atuação e refere que a única coisa que alteraria, se pudesse voltar atrás, era a cor do cartão mostrado a Nigel De Jong.
"Queríamos [equipa de arbitragem] ter mão firme no jogo, mas também pretendíamos desempenhar corretamente o nosso trabalho. E, se houvesse uma situação clara para cartão vermelho, não iríamos hesitar", disse Webb à Reuters. "Ao fazer uma retrospetiva do que aconteceu, depois de 2 horas de horas, não haveria muito a alterar. O que mudaria era a cor do cartão mostrado a De Jong. Depois de ver o lance em movimento lento e de vários ângulos, reconheço que a entrada do jogador era merecedora de cartão vermelho", acrescentou.

Fonte: Record