Arbitragem inicia época com balanço positivo

Ação de Reciclagem e Avaliação decorreu durante cinco dias em Tomar
Os árbitros C1 Pro, os assistentes AAC1 e os elementos que integram a categoria VAR, estiveram durante cinco dias reunidos em Tomar, para a 1.ª Ação de Reciclagem e Avaliação da época. Para além da discussão sobre as alterações às Leis do Jogo e do habitual trabalho físico intenso em campo, o Conselho de Arbitragem da FPF deu instruções claras sobre os principais objetivos, mas houve igualmente uma enorme incidência na função de VAR.
Discutiu-se ainda psicologia desportiva, foram apresentados trabalhos de grupo sobre diversos temas relacionados com a função dos árbitros e dos assistentes, concluindo-se que de facto o relacionamento entre os diversos elementos da equipa é fundamental. 
O último dia ficou ainda marcado por um espaço dedicado à APAF, com intervenção do seu presidente, Luciano Gonçalves. Na sessão de encerramento, o presidente do CA da FPF, Fontelas Gomes, agradeceu o empenho de todos na ARA, bem como o trabalho realizado, fazendo um balanço positivo da forma como decorreu a ação. 
Aptidão nos testes
Os quatro elementos que não tinham realizado as provas físicas nem os testes escritos, por terem estado num jogo internacional (Fábio Veríssimo, António Nobre, Paulo Soares e Luciano Maia), realizaram as suas provas e mereceram aprovação. Da mesma forma, os três que não tinham sido aprovados no primeiro teste escrito, casos de Rui Oliveira, Nuno Manso e Paulo Miranda, procederam à repetição e foram dados como aptos.

Fonte: FPF