Antigos árbitros defendem mudanças na arbitragem

Os antigos árbitros internacionais Jorge Coroado e José Leirós, em declarações à agência Lusa, são de opinião que a arbitragem portuguesa sofre um problema estrutural, que só poderá ser resolvido com mudanças na Comissão de Arbitragem (CA) da Liga.
«Não está bem definido o papel das pessoas, não há ligação entre presidente e árbitros. Há um afastamento, há uma atitude de altivez perante os árbitros», afirma Leirós, enquanto Jorge Coroado considera que «não é admissível que quem tem a acção disciplinar sobre os outros agentes desportivos tenha igualmente sobre os árbitros».
«Obviamente que o Vítor Pereira tem que sair e ser encontrada outra pessoa. Porque ele falhou», afirma Leirós, enquanto Coroado não fala em nomes, mas acha que a actual estrutura dirigente do sector «não defende os interesses da arbitragem», mas antes os «interesses pessoais de quem lá está».