Árbitro do Liverpool – At. Madrid ameaçado de morte

Martin Hansson, o árbitro sueco que dirigiu o encontro da Liga dos Campeões entre o Liverpool e o Atlético de Madrid, revelou ter recebido ameaças de morte, devido à polémica grande penalidade assinalada nos instantes finais da partida, e que permitiu à equipa da casa garantir o empate (1-1).
«Recebia chamadas a toda a hora e muitas mensagens. Estou habituado, mas desta vez foi demasiado, com um tom ameaçador. Foi muito desagradável», disse o árbitro ao jornal «Expressen», revelando que viu-se mesmo obrigado a mudar de número.
Embora tenha apenas 37 anos, Hansson confessa mesmo que ponderou abandonar o futebol, embora não tivesse concretizado essa ideia. «Não vale a pena deixar influenciar-me por tudo isto. Vou continuar a acreditar que o futebol pode fazer bem. Seria triste que fossem estas forças obscuras a reinar», disse.