Um exemplo de ‘fair play’: LASK ‘perdoa’ erro técnico do Antuérpia

Os austríacos do LASK Linz, carrascos do Sporting na Liga Europa 2020/21, anunciaram esta sexta-feira que não vão apresentar protesto junto da UEFA pelo facto de o Antuérpia, da Bélgica, ter efetuado substituições em quatro momentos do jogo da Liga Europa de quinta-feira entre as duas equipas e não apenas três. É que apesar de ter aprovado a realização de cinco substituições durante a pandemia de COVID-19, a UEFA continua a estabelecer um máximo de três paragens por equipa para o efeito (não contando com o intervalo). O erro passou até despercebido à equipa de arbitragem da partida.

O LASK, é certo, venceu por 1-0, mas com o protesto poderia alcançar uma vitória por 3-0 na secretaria, margem mais dilatada e que poderia vir a fazer a diferença mais tarde nas contas do Grupo J. Na classificação, neste momento, as duas equipas seguem em igualdade pontual, juntamente com o Tottenham, todas com 6 pontos. O Antuérpia surge para já à frente do LASK graças a uma melhor diferença de golos, o que não aconteceria caso o triunfo fosse decretado por 3-0.

“A ideia do fair-play é o que nos move. Ganhar 3-0 em vez de 1-0 podia dar-nos uma vantagem decisiva, mas não queremos tirar partido desta situação. Erros acontecem”, explicou Jurgen Werner, vice-presidente do LASK.

Fonte: Sapo Desporto

Mais Notícias

Ver Todas