APAF sai em defesa de Pedro Proença


José Fontelas Gomes considera que o facto de o Benfica ter vencido apenas 44 por cento dos jogos dirigidos pelo árbitro de Lisboa é uma mera coincidência

Muito criticado pela polémica arbitragem realizada no Nacional-Benfica, Pedro Proença viu a Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF) sair em sua defesa. Em declarações à TSF, José Fontelas Gomes lembrou que o árbitro de Lisboa "tanto erra lá fora como em Portugal, assim como acerta lá fora e em Portugal".
"O erro faz parte da atividade do árbitro, pois os jogadores também falham penáltis e os guarda-redes às vezes também não estão tão bem em alguns golos que sofrem. Tudo o que é humano está sujeito a erros", salientou o presidente da APAF.

Confrontado com o facto de o Benfica apenas ter vendido 44 por cento dos jogos dirigidos por Pedro Proença, José Fontelas Gomas falou em "coincidências". "Todos os árbitros estão sujeitos a este tipo de críticas. Esses números são coincidências e o Conselho de Arbitragem pode sempre apostar em qualquer árbitro", rematou.

Fonte: O Jogo